Frente integrada assume compromisso de defesa do direito autoral

21/12/2010

Uma frente integrada em defesa do direito autoral moral dos compositores foi consolidada, na última quarta (14), saldo da audiência promovida pelo Ministério ...

Novo Prazo

30/11/2010

Edital de Estímulo à Gestão Coletiva de Direitos Autorais O Ministério da Cultura prorrogou até o dia 28 de fevereiro o prazo final para o envio ...

Congresso Internacional Criatividade, Mercado e Diversidade Cultural

11/11/2010

Entre 1 e 3 de dezembro, o Rio de Janeiro recebe o Congresso Internacional Criatividade, Mercado e Diversidade Cultural. Discutir a propriedade intelectual ...

Reunião com entidades discute modernização da LDA

29/09/2010

Mesmo após a finalização da consulta pública para revisão da Lei de Direito Autoral, o anteprojeto continua recebendo sugestões de modernização. ...

Congresso discutirá Direito do Autor e Interesse Público

21/09/2010

Entre os dias 27 e 29 de setembro será realizado em Florianópolis, o IV Congresso de Direito de Autor e Interesse Público. Organizado pela Universidade ...

Direito Autoral

17/09/2010

De 27 a 29 de setembro, UFSC realizará II Congresso de Direito de Autor e Interesse Público O congresso é organizado pela Universidade Federal de Santa ...

Blog

Stevie Wonder pede a ONU ação para levar livros e conhecimento aos cegos

21/09/2010

Redação O POVO Online, com informações do G1

Cantor participou da abertura da assembleia mundial da OMPI, a agência da ONU que trata da propriedade intelectual e dos direitos autorais

O cantor americano Stevie Wonder participou da abertura da assembleia mundial da OMPI, a agência da ONU que trata da propriedade intelectual e dos direitos autorais nesta segunda-feira, 20. Na ocasião, o cantor pediu aos diplomatas de quase 200 países que parassem de discutir sobre direitos autorais e façam um pacto para levar “esperança e luz” a pessoas cegas em todo o mundo.

Wonder sugeriu um plano de ação que dê poder aos deficientes visuais, permitindo o acesso deles a livros e conhecimento. O músico, que é cego, disse que vai compor uma música triste caso seus apelos não sejam atendidos.

O chamado dele foi endossado pela União Mundial de Cegos, segundo a qual, nos países em desenvolvimento, menos de 1% das obras publicadas são disponíveis em formatos como Braille ou áudio. Mesmo nos países ricos, o total não chega a 5%.

Os países membros da OMPI vêm há anos estudando umas forma de superar as normas de direitos autorais internacionais, permitindo o financiamento de traduções de livros para o Braille, mas vêm topando com divergências entre países.

Enquanto alguns são a favor de direitos totalmente gratuitos de tradução em formatos acessíveis aos cegos, outros insistem que não se podem deixar brechas que permitam a pirataria de textos, música e tecnologia.

Stevie Wonder já vendeu mais de 100 milhões de discos desde os anos 1960. O músico disse que os delegados “deveriam colocar suas diferenças ideológicas de lado e propor uma solução prática”.

Be Sociable, Share!

Deixe um comentário

Você precisa logar para postar um comentário.