Frente integrada assume compromisso de defesa do direito autoral

21/12/2010

Uma frente integrada em defesa do direito autoral moral dos compositores foi consolidada, na última quarta (14), saldo da audiência promovida pelo Ministério ...

Novo Prazo

30/11/2010

Edital de Estímulo à Gestão Coletiva de Direitos Autorais O Ministério da Cultura prorrogou até o dia 28 de fevereiro o prazo final para o envio ...

Congresso Internacional Criatividade, Mercado e Diversidade Cultural

11/11/2010

Entre 1 e 3 de dezembro, o Rio de Janeiro recebe o Congresso Internacional Criatividade, Mercado e Diversidade Cultural. Discutir a propriedade intelectual ...

Reunião com entidades discute modernização da LDA

29/09/2010

Mesmo após a finalização da consulta pública para revisão da Lei de Direito Autoral, o anteprojeto continua recebendo sugestões de modernização. ...

Congresso discutirá Direito do Autor e Interesse Público

21/09/2010

Entre os dias 27 e 29 de setembro será realizado em Florianópolis, o IV Congresso de Direito de Autor e Interesse Público. Organizado pela Universidade ...

Direito Autoral

17/09/2010

De 27 a 29 de setembro, UFSC realizará II Congresso de Direito de Autor e Interesse Público O congresso é organizado pela Universidade Federal de Santa ...

Blog

Coleção Brasiliana, agora na internet

13/10/2010

O Estado de S.Paulo,  Clarissa Thomé, em 12/10/2010

Primeira leva de obras de referência, em domínio público, já podem ser consultadas

Professor do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, o economista e sociólogo Carlos Vainer recomendou aos seus alunos alguns volumes da Coleção Brasiliana, editada entre 1931 e 1993, a primeira com a proposta de reunir “livros que pensassem o País”. Levou um susto quando os estudantes voltaram de mãos vazias – a coleção estava esgotada, era difícil encontrá-la em sebos e alguns livros estavam na coleção de obras raras das bibliotecas, indisponíveis para empréstimo.

Vainer começou então a dar forma a um ambicioso projeto: a Brasiliana Eletrônica, cuja proposta era digitalizar os 415 livros publicados pela Editora Companhia Nacional. Não apenas escaneá-los, mas apresentar um trabalho editorial, com informações sobre os autores e a obra reproduzida; oferecer ao pesquisador o fac-símile do livro e ao, mesmo tempo, levar ao estudante o mesmo texto nos padrões atuais de ortografia. Com o recurso de “cortar/colar”, desde que respeitadas as regras para citação em trabalhos acadêmicos.

“O projeto era tão ambicioso, que eu pensava que jamais sairia. Mas se estudantes da UFRJ, no Rio de Janeiro, não conseguiam os livros, imagina no interior do País”, comenta Vainer, que coordena a Brasiliana Eletrônica. De lá para cá, passaram-se cinco anos. Nesse período, negociou-se a liberação dos direitos autorais com a editora e houve captação de recursos com a Secretaria de Educação a Distância, do Ministério da Educação, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Leia mais.

Be Sociable, Share!

Deixe um comentário

Você precisa logar para postar um comentário.