Brasil Acesso à Informação
quinta-feira, 24 de abril de 2014 RSS Ouvidoria Fale com o Ministério
« Voltar Imprimir

Balanço da Copa da Cultura

Mais de 1,5 milhão de pessoas participaram da Copa da Cultura na Alemanha e no Brasil em 2006
Durante a vasta programação da Copa da Cultura, realizada na Alemanha, em 2006, foram realizados 178 eventos brasileiros – festival de teatro, shows de artistas, filmes, conferências, exposições, espetáculos de dança, performances -, divididos em 52 cidades. No Brasil, a Copa realizou 215 eventos culturais, em 18 cidades, com um público de 1,3 milhão de pessoas.

O balanço do programa de intercâmbio cultural entre o Brasil e a Alemanha será realizado no dia 9 de março, às 17h30, no Serviço Social do Comércio de São Paulo (SESC/SP), situado à Avenida Paulista, nº 119, Bela Vista. A solenidade contará com a presença do ministro da Cultura, Gilberto Gil.

Pelo MinC, também comparecem o assessor Afonso Luz, representando a Secretaria de Políticas Culturais e o gerente da Copa da Cultura, Erlon José Paschoal. Pelo Goethe-Institut da América do Sul, participam o diretor de Cultura, Joachim Bernauer; e os diretores regionais de São Paulo e do Rio de Janeiro, Wolfgang Bader e Alfons Hug. O evento contará, ainda, com as presenças de representantes de outras instituições parceiras do MinC. Na ocasião haverá a apresentação de um vídeo com os dados mais significativos do programa Copa da Cultura.

Após a solenidade, o presidente da Alemanha, Horst Köhler, encontra-se com o ministro Gilberto Gil, às 20h, na Pinacoteca de São Paulo, localizada na Praça da Luz, nº 2, Jardim da Luz.

Objetivos do Programa

  • Amplificar a divulgação da cultura brasileira na Alemanha;
  • Aproveitar o momento ímpar da Copa do Mundo de visibilidade mundial, na qual a seleção de futebol atrai a atenção de toda a mídia internacional, para difundir a arte e a cultura brasileira;
  • Fortalecer a marca Brasil e afirmar uma imagem positiva do país na Europa e no mundo;
  • Diversificar a percepção do Brasil e da cultura nacional, extrapolando estereótipos e os preconceitos;
  • Intensificar as relações comerciais entre os dois países, também no campo da cultura;
  • Elevar o grau de contato dos brasileiros com a cultura alemã contemporânea;
  • Aproximar artistas e produtores brasileiros e alemães para futuros projetos conjuntos.

A Copa da Cultura em Números

Para apresentar artistas e obras representativas da arte brasileira contemporânea na Alemanha, o MinC assinou um convênio de cooperação com a Casa das Culturas do Mundo, em Berlim, que, de 25 de maio a 9 de julho, apresentou ao público alemão e europeu um panorama da produção cultural brasileira atual, com ênfase na qualidade, na diversidade e na relevância.

Foram 46 dias de intensa programação em Berlim: 27 shows de música dos mais diversos ritmos – do maracatu ao reggae, do hip-hop ao funk, da MPB ao samba -, três festas com Djs, seis performances, 27 filmes longa-metragens e 11 curtas, 6 conferências, 14 espetáculos de dança, duas exposições de artes plásticas (Tropicália e a Imagem do Som do Futebol) e quatro instalações que serviram de ponto de encontro de brasileiros, alemães e estrangeiros.

O destaque foi a apresentação gratuita de Gilberto Gil, Margareth Menezes, Sandra de Sá e AfroReggae na área externa da Casa das Culturas do Mundo, no dia 12 de junho, que reuniu dez mil pessoas. Por meio dessas atividades pretendeu-se mostrar um Brasil múltiplo, plural, contemporâneo, com uma intensa riqueza e diversidade cultural.

A imagem 'http://www2.cultura.gov.br/upload/Designmai%202006%20estande%20brasil_1173099594.jpg' contém erros e não pode ser exibida.
Prefeito de Berlim, Klaus Wowereit, durante visita ao estande do Brasil, na Designmai

A Embaixada do Brasil em Berlim, em parceria com o MinC, abrigou até dezembro parte da produção cultural brasileira contemporânea, criando uma programação mensal que abrangeu a música clássica, o cinema, a literatura, as artes plásticas e cênicas. Foram 12 concertos, sete exposições, exibição de 12 longas-metragens e 24 curtas-metragens, palestras e leituras de João Gilberto Noll, Marçal Aquino, Luis Fernando Veríssimo, Cinthia Moscovich, Sérgio Sant’Ana e Cláudia Roquette-Pinto, além de um seminário sobre Nelson Rodrigues, com Rui Castro e Berthold Zilly. Um dos pontos altos da programação foi o lançamento de GOOOOOOOL! Brasilianer zu sein ist das Größte (Gol! Ser brasileiro é o máximo), coletânea de crônicas futebolísticas de Nelson Rodrigues, traduzidas para o alemão por Henry Thoreau.

Em função da grande quantidade de artistas e grupos interessados em mostrar os seus trabalhos na Alemanha, o Ministério da Cultura lançou, no início de 2006, um Edital de Apoio, com recursos de R$ 1,5 milhão. Foram contemplados 43 projetos que correspondiam à qualidade exigida e aos objetivos estabelecidos pelo Programa Copa da Cultura, sendo cinco de Dança, cinco de Teatro, dois de Cultura Popular, seis de Música Clássica, dez de Artes Visuais, quatro de Literatura, seis de Música Popular e cinco de Audiovisual. Além desses, foram selecionados outros 19 projetos que receberam o Selo Copa da Cultura.

Alemanha no Brasil

Uma parte representativa da cultura alemã contemporânea foi mostrada em algumas cidades brasileiras ao longo de 2006. O Instituto Goethe elaborou uma programação extensa que abrangeu a literatura, a música pop, o cinema, as artes plásticas e as experiências de vanguarda da Alemanha atual, buscando uma aproximação e um intercâmbio maior com o público brasileiro.

O Ministério das Relações Exteriores da Alemanha enviou mensagem ao MinC parabenizando pela realização do Programa Copa da Cultura: "sucesso impressionante foi alcançado pelo Brasil com a Copa da Cultura na Alemanha. A parceria desse programa cultural bilateral atesta a capacidade de expansão de nossa cooperação conjunta na área da cultura e da educação, que conta com o intenso engajamento da Alemanha, como bem demonstra o fomento do Goethe-Institut no Brasil".

A correspondência foi assinada pelo ministro-interino Gernot Erler que afirmou, ainda, que o governo alemão, "impressionado com a Copa da Cultura", decidiu promover, em 2009, uma Semana da Cultura Alemã no Brasil.

Informações: www.copadacultura.gov.br.

(Carol Lobo/Marcelo Lucena)
(Comunicação Social/MinC)

Compartilhe:
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • MySpace
  • TwitThis
  • email
  • LinkedIn

Participação do Leitor

Espaço reservado exclusivamente para comentários acerca da matéria ou publicação veiculada nesta página. Solicitação de informações ou dúvidas devem ser encaminhadas por meio do Fale com o Ministério; reclamações ou denúncias devem ser dirigidas para Ouvidoria.

*

max. 1000 caracteres


Regras para comentários:

1. Os comentários terão moderação desta Assessoria de Comunicação.

2. Comentários que fujam ao teor da matéria serão excluídos.

3. Ofensas e quaisquer outras formas de difamação não serão publicadas.

4. Não publicamos denúncias. Nestes casos, serão enviadas à Ouvidoria, que as encaminhará aos órgãos cabíveis.

5. A postagem de comentários com links de matérias não produzidas por este ministério será excluída.

6. Respostas a questionamentos e esclarecimentos exigem consulta, impedindo-nos, por vezes, retorno imediato.